Curiosidades Bíblicas

Os Dez Mandamentos – 4 fatos e curiosidades interessantes

Os dez mandamentos é um dos temas religiosos mais conhecidos pela população. Isso tanto é verdade que o assunto já foi abordado em filmes, novelas, livros, além, é claro, de estar presente na Bíblia.

No entanto, será que você sabe tudo sobre esse assunto? Aqui no post, vamos apresentar algumas das principais informações e curiosidades relacionadas às leis que foram criadas por Deus.

Quais são os dez mandamentos?

Antes de qualquer coisa, vamos refrescar a memória e rever cada um dos mandamentos sagrados:

  1. Adorar a Deus e amá-lo sobre todas as coisas;
  2. Não usar o Santo Nome de Deus em vão;
  3. Santificar os domingos e festas de guarda;
  4. Honrar pai e mãe;
  5. Não matar nem causar dano a si mesmo ou ao próximo;
  6. Guardar castidade nas palavras e nas obras;
  7. Não furtar nem danificar os bens do próximo;
  8. Não levantar falsos testemunho;
  9. Guardar castidade nos pensamentos e desejos;
  10. Não cobiçar as coisas alheias.

Aqui, apresentamos a explicação resumida de cada ponto. Porém, para ler a obra com mais detalhes basta ir no livro de Êxodo, no capítulo 20.

Curiosidades e informações sobre os dez mandamentos

Agora que relembramos os dez mandamentos de Deus, vamos aos fatos e curiosidades sobre o tema.

1. Na Bíblia, existem 17 mandamentos e não 10

Se você conferir o texto no livro de Êxodo, verá que os dez mandamentos estão divididos, na verdade, em 17 versículos.

O primeiro deles “Eu sou o Senhor, teu Deus, que te tirei da terra do Egito, da casa da servidão” não é considerado um mandamento por todas as religiões. Porém, os judeus o inclui nas leis sagradas.

2. Não adorar outros deuses vai além de ídolos santos

Uma das interpretações para amar a Deus acima de todas as coisas é não ter outros ídolos. No entanto, isso não se refere apenas a questões espirituais, mas a qualquer outra adoração, como ao dinheiro, ao poder, à fama etc.

3. O primeiro filme que conta a história dos mandamentos foi lançado em 1923

A obra do diretor Cecil B. DeMille, do Estados Unidos, foi criada em preto e branco e tinha 146 minutos de duração. Anos depois, em 1956, ele refilmou a história.

Na versão mais recente, o filme já era colorido. Para gravá-lo, foram convocados novos atores e feitos ajustes no roteiro. No total, a produção tem 229 minutos e é um clássico do cinema.

4. Existem diversas maneiras de organizar os mandamentos sagrados

Os dez mandamentos foram escritos em hebraico clássico, uma língua sem divisões ou sinais de pontuação bem delimitados. O que significa que é complicado perceber quando uma sentença termina e outra começa.

Dessa maneira, cabe aos tradutores organizar essas ideias. Devido a isso, a listagem das normas sagradas acaba sofrendo muitas variações. Assim, católicos, protestantes, judeus ortodoxos e outros possuem interpretações próprias.

Porém, essas divergências não alteram o conteúdo em si dos mandamentos. Apenas a estrutura se modifica.

Bem, chegamos ao final do texto de hoje. Esperamos que você tenha aprendido coisas novas sobre a palavra de Deus.

Caso tenha gostado do conteúdo, compartilhe este post nas redes sociais!

Comente abaixo:
Botão Voltar ao topo